Meu Carrinho

Formação de Acólitos (Coroinhas)

Category: Cursos

Formação de Acólitos (Coroinhas)

Quando Jesus fundou sua Igreja, quis instituir diversos ministérios ou serviços para a comunidade. Na Igreja, todos recebem uma vocação, um chamado. Alguns são chamados a servir como coroinhas. O diretório para a Missa com Crianças tem a preocupação de formar as crianças para que celebrem a Eucaristia com alegria e desembaraço, sugerindo que se procure fazer com que elas sejam atuantes, ativas, conferindo-lhes diversos ofícios e tarefas. Dessa forma os coroinhas têm a oportunidade de iniciar e realizar sua caminhada de Igreja, ao encontro do Senhor. A eles possibilita-se que aceitem essa tarefa, importante para a comunidade. O coroinha não é um enfeite, mas alguém que, servindo o altar, está fazendo crescer a comunidade. Juntos, os coroinhas formam um grupo no qual poderão encontrar união, compreensão, confiança e estima, coisas de que tanto precisam. O pároco deverá, dentro do possível, acompanhar cada um deles em sua realidade pessoal, tomando o devido cuidado para que não venham a cair no “oba-oba”, pois ser coroinha exige responsabilidade, para que assumam, todos juntos e cada um em particular, com amor, este serviço a Cristo e a sua Igreja. Nos encontros semanais, terão eles a oportunidade de refletir sobre a Palavra de Deus previamente escolhida. Tomamos por princípio o que diz a Instrução Geral sobre o Missal Romano – IGMR, 70: “Todas as funções inferiores às do diácono poderão ser exercidas por leigos do sexo masculino, mesmo que não tenham sido instituídas para isso (...)”. As prescrições litúrgicas são adaptadas à nossa realidade, de acordo com os documentos da Igreja. Quem dirige um grupo de coroinhas deve orientá-los e participar junto com eles, pois o dirigente, como o líder, está para servir e não para dominar ou impor.

Clique para Deixar Comentário

Produtos em Destaque

Os mais vendidos